A Praça Franklin Roosevelt foi fundada no ano de 1970 e, inicialmente, ela nem poderia ser considerada uma praça. Não havia muitas árvores, apenas muros e concreto numa área de 30 mil metros, o que fazia o local ser pouco movimentado e inseguro. Por muito tempo a Praça Roosevelt foi deixada de lado, e apenas em meados de 2000 ela voltou a ser pauta da administração pública municipal.

Iluminação e reformas no jardim foram algumas mudanças que a praça sofreu. Um outro detalhe importante de se ressaltar é que graças a instalação de companhia de teatros nos últimos cinco anos a reputação da região mudou para melhor. O primeiro grupo foi Os Satyros, em 2000. Hoje pode ser encontrados cinco teatros: Os Satyros, Um e Dois, Studio 184, Teatro do Ator e o recém-inaugurado Espaço Parlapatões. A imponente Igreja Nossa Sra. da Consolação também é destaque da Praça Roosevelt.

A função de deixar a praça acolhedora e com um ar de descontração também fica com os bares ao redor dos teatros. Mesas e cadeiras espalhadas pelas calçadas, música e muita conversa são cenas vistas diariamente.

Milhares de paulistanos freqüentam a Praça Roosevelt, desde crianças, trabalhadores, artistas de teatro, travestis, boêmios, intelectuais etc. Gradativamente, o mercado imobiliário cresce e isso mostra a valorização dos arredores do local.

Abaixo algumas fotos da praça, bares e a igreja:

ossatyros1.jpg Os Satyros 1

satyros24.jpg Os Satyros 2

satyros3.jpg Os Satyros 3

satyros4.jpg Os Satyros 4

pracaantiga.jpg Foto da Praça Roosevelt nos primórdios

pracaatual.jpg Imagem recente da Praça

igrejadaconsolacao.jpg Igreja da Consolação, no bairro da Consolação, próxima a Praça

Fique por dentro de tudo o que acontece ao redor da Praça.

Igreja:
Igreja Nossa Sra. da Consolação: foi fundada em 1799 e começou como uma pequena capela construída por um grupo de fiéis. Depois de uma demolição e de algumas reformas, o prédio apresenta, atualmente, uma bela fachada em estilo gótico e traços de uma construção romântica por dentro.
Serviço:
Local: Rua da Consolação, 585
Fone: 3256-5356

Missas:
Segunda a sexta: 7h, 12h e 18h
Terças, quintas e sextas: 19h (exceto a primeira sexta-feira do mês)
Sábados: 8h e 18h
Domingos: 7h 30, 9h, 10h 30, 12h, 18h, 19h 30
Missa em Honra ao Sagrado Coração de Jesus
Primeira sexta-feira do mês: 17h
Missa da Devoção da Correia de Nossa Sra. da Consolação
Primeiro sábado do mês: 8h
Missa dos Enfermos
29/11 e 30/12: 10h30
Confissões
Segunda a sexta: das 15h às 17h30

Bares:
La Barca
: é um bom lugar para se descansar tomando um cafezinho ou um suco. Além disso, estão à disposição dos clientes lanches, pratos à la carte, sopas, caldos e o “beirute à la barca”. Destaque para a feijoada, servida aos sábados das 13h às 17h.

Serviço:

Local: Praça Franklin Roosevelt, 226
Fone: 3255-3849
Horário: 2ª/sáb 9h/1h; dom 17h/1h

Papo, Pinga E Petisco: é um bar aconchegante: decorado com antiguidades, tem mesas e sebo nos fundos. A música ambiente vem dos CDs e LPs vendidos ali. Entre os petiscos, a carne desfiada (R$ 12) que acompanha a cerveja (R$ 5 a garrafa).
Serviço:
Local: Praça Franklin Roosevelt, 118
Fone:
3257-4106
Horário: 2a/5a 19h/24h30 e 6a/sáb 18h/2h30

Repertório Bar: cantores de MPB e pop rock revezam-se no palco. Para embalar os shows: carne-seca com mandioca (R$ 17) e vodca com frutas vermelhas (R$ 10).
Serviço:
Local: Praça Franklin Roosevelt, 108
Fone:
3159-0841
Horário: 6ª/sáb 21h/2h e dom 18h/24h

Teatros e Cultura:
Francisco Mosaicos Ateliê E Loja: os artistas plásticos Francisco Souza e Luciano Santos costumavam trabalhar de portas fechadas. Recentemente, transformaram seu ateliê também em livraria, café e loja, onde vendem quadros e objetos de decoração, todos em mosaico.
Serviço:

Local: Praça Franklin Roosevelt, 138
Fone:
3257-7695
Horário: 2ª/6ª 9h/22h30

Espaço Parlapatões: é um centro de efervescência cultural, com apresentações teatrais, leituras de peças e o Café Excêntrico, onde acontecem apresentações de comediantes, e atores que circulam entre as mesas, como nos antigos cabarés.
Serviço:
Local: Praça Franklin Roosevelt, 158
Fone:
3258-4449
Horário: 2a/5a 17h/1h, 6a/dom 17h/1h

Espaço Dos Satyros I: mistura de bar e teatro, tem mesas lotadas na calçada, principalmente momentos antes e depois das apresentações, e, dentro, além do café e do teatro, há uma área para exposições.

Espaços Dos Satyros II: menor que o I, a casa tem uma sala de teatro e um bar na entrada, livros à venda e mesinhas na calçada.
Serviço:
Local: Praça Franklin Roosevelt, 214
Fone: 3258-6345

Teatro Studio
Serviço:
Local: Praça Franklin Roosevelt, 184
Fone: 3259-6940

Teatro Do Ator
Serviço:
Local: Praça Franklin Roosevelt, 172
Fone: 3257-2264

* Confira a programação e sua duração no estabelecimento.

Diversos:
Floricultura Roosevelt
: fica dentro do pátio da praça, próxima à Igreja da Consolação. Presentes, decoração e jardinagem são alguns dos produtos e serviços do estabelecimento, que também faz entregas em domicílio.
Serviço:
Local: Praça Franklin Roosevelt
Fone: 3256-2505
Horário: Segunda a sexta, das 7h às 20h

Sunset Boulevard: um estabelecimento especializado em produções cinematográficas antigas que já não passam mais na TV, ideal para colecionadores de filmes raros. A loja também faz transposição de VHS para DVD.
Serviço:
Local: Praça Franklin Roosevelt, 274
Fone: 9419-3481 / 9825-9267

Salão Diplomat: é um centro de estética capilar especializado em cortes masculinos, que atende com hora marcada e divide o espaço com uma tabacaria, onde é possível encontrar todas as marcas de cigarros e charutos.
Serviço:
Local: Praça Franklin Roosevelt, 230
Horário: Segunda a sexta, das 8h às 19h
Sábados, das 8h às 16h
Preço: R$ 25,00 (corte)
Fone: 3256-7996

Não podemos esquecer de chamar você que não conhece o lado bom da Praça Roosevelt a passar a apreciá-lo.

O local é repleto de atividades culturais e através da matéria veiculada pela Folha de S. Paulo do dia 07 de maio deste ano podemos perceber a vontade de todas as partes de tornar a Praça em um lugar melhor para todos.

 

satyros12.jpg
Fachada do Os Satyros 3. Agora os moradores terão menos barulho e o bairro continua a ganhar com a cultura e o lazer.

 

“Uma briga judicial entre o grupo Os Satyros e os moradores do condomínio Icaraí Roosevelt terminou em acordo na semana passada. O grupo de teatro processava os condôminos por discriminação sexual. E era processado por causar barulho na rua durante a noite. As partes retiraram as acusações depois que os Satyros se comprometeram a apresentar projeto de distribuir as cadeiras na calçada de forma a diminuir o barulho que incomoda a vizinhança”.

 

Quando se fala na Praça Roosevelt, logo vem em mente um ambiente cinza marcado pela violência e sujeira. Os jornais não cansam de escancarar os problemas do local. Em 31 de agosto de 2007, a Folha de S.Paulo estampou a manchete Assalto ao teatro e falou dos R$2.000 que sumiram do caixa do Os Satyros.

 

Os donos do teatro e do bar telefonaram aos clientes pedindo o número dos cheques para rastrear aqueles que fossem eventualmente descontados pelos ladrões. O furto aconteceu 15 dias depois de outro evento: a demissão de um funcionário que servia as mesas, cobrava os freqüentadores e não repassava o dinheiro ao caixa. O rombo, neste caso, foi de pelo menos R$ 6.000, nas contas do ator e diretor Ivam Cabral.

 

satyros23.jpg
Trabalhadores no Os Satyros 4. O estabelecimento foi roubo no final do mês passado. Para ser combatido esse problema é preciso ser denunciado.

 

A intenção aqui é incentivar os freqüentadores da Praça Roosevelt a denunciarem qualquer tipo de crime ou empecilho para tornar o espaço em um ponto de encontro social. Um bom exemplo de denúncia foi exposto na Folha no dia 24 de julho de 2007 com o título Sob a luz do luar. O texto dizia o seguinte: “Reduto de escritores e artistas, a praça Roosevelt anda com iluminação parcial desde a semana passada. É que os refletores, do lado oposto ao dos bares e teatros, foram furtados e não há previsão de reposição. Mas, segundo a prefeitura, já foi registrado boletim de ocorrência e continua em andamento o projeto para revitalizar a praça, que inclui iluminação”.

 

Denuncie e ajude a tornar a Praça Roosevelt em um ambiente freqüentável para todos.

 

Caros Leitores,

Este blog é destinado para as pessoas se conscientizarem de que é preciso fazer algo para que a Praça Rooselvet volte a ser um local de prazer a qualquer tipo de etnia, raça e opção sexual.

Para tanto, precisamos que você que freqüenta ou costumava ir ao local, denuncie todo e qualquer tipo de violência e abuso.

A praça só voltará a ser um local seguro se VOCÊ fizer com que isso ocorra. Com isso, não tenha nunca medo de denunciar. Freqüente mais. A praça não é só violência e local para coisas imorais. É também um espaço de lazer e cultura.

Fique sempre atento, leia os nossos textos e não esqueça nunca que somos nós que fazemos com um lugar seja bom ou ruim. Está em nossas mãos mudar o lugar.

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.